Antiga estrela desportiva fingiu ter Cancêr apenas para receber dinheiro da caridade!

Quase 75.000 dólares por ano – isso é o quanto uma mulher estava recebendo de uma instituição de caridade após alegadamente ter sido diagnosticada com câncer.

O único problema era que ela realmente não tinha câncer – ela estava fingindo tudo para que pudesse receber o dinheiro.

Em 2014, Kate Hubble, uma famosa ex-jogadora de hóquei na Austrália, começou a trabalhar na Redkite, uma organização de caridade australiana que ajuda financeiramente crianças e jovens que sofrem de câncer.

Depois de trabalhar para a empresa durante um ano, a mulher disse a seus colegas que lhe foi diagnosticada câncer. No final do ano, ela pediu para ser transferida do escritório em Perth para Sydney, já que seria mais fácil para ela lidar com sua doença em Sydney.Entretanto, seus novos colegas em Sydney perceberam que algo não estava certo.

Pouco tempo depois de ter começado a trabalhar no escritório de Sydney, seus novos colegas começaram a suspeitar. Sendo uma instituição de caridade de câncer, a equipe trabalhando para a organização estava bastante informada sobre a doença e percebeu que Kate não estava apresentando nenhum sintoma.

No entanto, ela começou a ficar em casa com mais frequência enquanto exigia benefícios.

A fim de receber benefícios financeiros, Kate teve a ajuda de um médico que lhe deu cartas fraudulentas e certificados para provar que ela de fato estava doente de câncer. Em uma longa e elaborada teia de mentiras e actuações, Kate fez algumas coisas como enviar vários textos para seus colegas alegando que ela tinha uma cirurgia agendada.

Ela também enviaria mensagens de texto de outro número de telefone, passando por  ser um amigo enviando textos em seu nome porque estava muito doente ou na sala de operações, relata o tablóide The Daily Mail.

“Fiquei sem opções”, disse ela em uma das mensagens. “Posso ter só mais seis meses”.

O disfarce é descoberto

O comportamento suspeito de Kate e a constante ânsia por mais dinheiro levam os colegas a pedir uma investigação. Não demorou muito para se descobrir que Kate não tinha câncer e tinha enganado a instituição de caridade em quase 75,000 dólares.

“Fingir que você tem câncer enquanto trabalha em uma instituição de caridade de câncer, é completamente absurdo”, disse uma fonte ligada a Redkit ao The Sydney Morning Herald.

A antiga estrela desportiva, Kate Hubble, já foi demitida e se declarou culpada das quatro diferentes acusações de fraude.

Que coisa horrível de fazer. Todos devem estar atentos aos aldrabões e enganadores que estão fora para tirar proveito das pessoas.

Compartilhe para espalhar o aviso.